Newsletter

Introduza o seu email:


Biblioteca

 
Horário de Funcionamento

2.ª feira:

  • Encerrada

3.ª a 6.ª:

  • 09h30-13h00 e 14h00-18h00

Sábados:

  • Com aulas: 09h00-13h00 e 14h00-18h00
  • Sem aulas: 09h00-13h00
 
Contactos

Email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 
Acervo

MEMÓRIAS DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS RELIGIOSAS

(Estes textos podem ser consultados na Biblioteca mas não requisitados)

 

A Ancianidade, um projecto de Vida e de Esperança, à luz de A dignidade do Ancião e a sua Missão na Igreja e no mundo - Teresa Isabel Martins Costa (2007)

 

A Associação Privada de Fiéis «Missionárias do Amor Misericordioso do Coração de Jesus». Vivência da união à Misericórdia mística oblativa do Sagrado Coração de Jesus - Manuel Simões Lourenço (2016)


A Catequese para Adultos - António Júlio Fernandes Pinto (2008)


A Economia de Comunhão como um Modelo Sócio-económico, à luz do Centesimus Annus - José Eduardo Rodrigues da Silva (2008)


A Educação à Liberdade nos programas de Ensino Religioso Escolar do 8º ano - Fernando Jorge Eusébio Martins (2009)


A Educação à Oração, no Acto Catequético - Maria Perpétua Coelho Santos (2006)


A Educação Sexual Escolar, à luz dos documentos da Congregação para a Educação Católica - Francisco Cravo (2006)

 

A Esperança Cristã e o Anúncio do Reino: Concretização na Fraternidade Franciscana Evangelizadora de N.ª Sr.ª da Esperança - Rita Isabel Guerreiro Baptista (2011)


A Eucaristia na Vida das Crianças do 1º ao 4º anos de catequese, à luz do Diretório para missas com crianças - José Carlos Cardoso Pereira (2008)

 

A Festa de Nossa Senhora das Virtudes, e a sua importância na vida dos fiéis, como caminho de evangelização da comunidade cristã, à luz dos princípios e orientações do Diretório "A Piedade Popular e a Liturgia" - Patrícia Isabel Lopes Pereira Rodrigues (2016)


A Formação na Vida Consagrada, à luz de Formação dos Religiosos - Ângela de Fátima Coelho da Rocha Pereira da Silva (2007)

 

A liberdade de Cristo em Teresa de Saldanha. Cristo: dom e plenitude da liberdade - Flávia das Dores Falé Lourenço (2016)

 

A piedade popular da comunidade de pescadores da Gafanha do Areão e os seus desafios ao Apostolado do Mar, à luz da Carta Apostólica Stella Maris, de João Paulo II - Marília da Conceição Rumor Domingues (2015)


A Religiosidade Popular dos Jordões de S. João como Caminho de Evangelização - Fernanda José Pereira Moreira (2008)

 

A vivência do domingo, em família, dá novo sentido à vida, à luz do n.º 32 da Carta Pastoral Família, Esperança da Igreja e do Mundo da Conferência Episcopal Portuguesa - Ana Maria Pinheiro Pereira (2012)

 

Contributo do Instituto Secular Missionário Servas do Apostolado para um novo dinamismo eclesial - Estudo do actual impacto pastoral à luz da Instrução "Partir de Cristo - um renovado compromisso na vida consagrada do terceiro milénio" - Maria Zulmira Fernandes Ribeiro (2012)

 

Família: Bolsa de valores à luz da Exortação Apostólica Familiaris Consortio - Daniel da Conceição Amaral (2016)

 

Lançai as Redes. A Comunicação Cristã na Sociedade em Rede - Fernando José Cassola Marques (2007)

 

Misericórdia e Evangelização: do encontro com Deus-Amor. Ao anúncio evangélico da misericórdia de Deus, na vida e obra do Movimento dos Focolares/Obra de Maria - Ana Maria da Silva Postiga (2016)

 

O Amor ao próximo  - A prática da caridade cristã na sociedade de São Vicente de Paulo, à luz da Instrução Pastoral sobre a Ação Social da Igreja - Fernanda Maria de Freitas Dias Gonçalves Capitão (2012)

 

O Carisma Hospitaleiro e a sua relação com a Trindade - Maria Isabel Santos (2007)

 

O Carisma Sacerdotal e Mariano das Servas de Nossa Senhora de Fátima, à luz da Palavra de Deus e do Vaticano II - Alice de Jesus Pereira (2010)

 

O Chamamento dos Casais Jovens à Comunidade Eclesial, à luz do n.º 11 da Constituição Dogmática Lumen Gentium - Júlio Beleza da Costa (2007)

 

O Encontro entre Deus e o Homem , sua concretização na Vida Consagrada e especificamente na Congregação das Servas da Santa Igreja - Maria de Jesus Delgado Vicente (2012)

 

O Lugar da Sagrada Escritura na Catequese de Infância, à luz do Diretório Geral da Catequese - Maria Leonor Rosa Bernardino (2008)

 

O Papel dos Pais na Educação Cristã dos Filhos, dos 6 aos 10 anos - Maria Dolores Moreira dos Santos (2009)

 

O Relacionamento Interpessoal no Espaço Escolar, à luz dos documentos da Conferência Episcopal Portuguesa "Dar prioridade à pessoa" - Fernando Ferreira Pedrosa (2009)

 

O MCC na Evangelização Familiar - Susana Isabel Duarte Pereira (2009)

 

Pastoral Universitária no contexto do Curso Superior de Educadores de Infância, Guiné-Bissau, à luz do documento "Presença da Igreja na Universidade e na Cultura Universitária" - Lúcia Gracinda Filipe (2012)

 

Rasgar Caminhos Novos. Uma abordagem à Pastoral Juvenil-vocacional das Irmãs Doroteias - Lisete da Natividade Barrigão Gonçalves (2009)

 

Redescobrir o essencial com Teresa de Jesus. A vida comunitária teresiana - Sónia da Silva Correia (2007)

 

A Biblioteca conta com muitas outras obras classificadas e outras em fase de classificação. Todas estas obras podem ser consultadas pelos alunos e professores do ISCRA e por pessoas que as desejem consultar.

 
Regulamento de Funcionamento

1. Missão
A Biblioteca do ISCRA tem como missão recolher, disponibilizar e difundir os recursos de informação, impressos e electrónicos, que servem de suporte ao ensino, aprendizagem e investigação, assente numa estratégia de inovação e qualidade de difusão do conhecimento.

2. Utilizadores
A Biblioteca está aberta a alunos/as, docentes, funcionários/as e outros utilizadores/as externos/as ao Instituto mediante a sua identificação e preenchimento de ficha de inscrição.

3. Fundo bibliográfico
A Biblioteca é constituída por monografias, publicações periódicas, obras de referência (dicionários, enciclopédias, atlas, etc.) e materiais audiovisuais (discos compactos, cassetes áudio, vídeos, diapositivos, etc.).
As publicações existentes na Biblioteca são de livre acesso. No entanto, este acesso pode ser impedido a qualquer utilizador/a cujo comportamento não se coadune com o local.

4. Sala de Leitura
Na sala de leitura o utilizador/a poderá servir-se das obras, desde que não perturbe o normal funcionamento do serviço, nem coloque em causa a integridade e o bom estado de conservação dos documentos, mobiliário ou equipamento.
Na sala não é permitido:
- fumar, comer ou beber;
- utilizar telemóveis, pelo que estes devem estar desligados durante o período de permanência neste espaço;
- anotar, riscar, dobrar ou de outra forma danificar o material utilizado, assim como retirar do mesmo qualquer carimbo ou etiqueta.
As obras consultadas devem ser colocadas nas mesas ou entregues ao/à funcionário/a da Biblioteca e nunca recolocadas nas estantes pelos utilizadores.

5. Empréstimo Domiciliário
Todos os alunos/as, docentes e funcionários/as do Instituto podem beneficiar do empréstimo domiciliário, através da apresentação de um cartão que lhes é entregue no acto da inscrição como utilizador/a da biblioteca e que deve ser renovado todos os anos lectivos.
Aos utilizadores/as externos/as é facultado o acesso presencial.
A cada tipo de documento correspondem diferentes condições de empréstimo:
a) Monografias – pelo prazo de 1 mês quando não façam parte da bibliografia apresentada pelos docentes, ou por 15 dias caso façam parte da bibliografia de uma determinada disciplina;
b) Publicações periódicas – não podem ser requisitadas para empréstimo domiciliário;
c) Obras de referência (dicionários, enciclopédias, atlas, etc.) – não podem ser requisitadas para empréstimo domiciliário;
d) Materiais audiovisuais – pelo prazo de 1 mês.

6. Renovações, Reservas e Penalizações
Qualquer requisição de uma obra pode ser renovada desde que o seu empréstimo não tenha sido solicitado por outro utilizador/a. Podem ser efectuadas até 3 renovações consecutivas, após as quais a obra deve ser devolvida.
Uma obra emprestada pode ser reservada por outro utilizador/a que a levantará logo que seja devolvida.
A não devolução das obras dentro do prazo de empréstimo estabelecido acarreta uma penalização que se traduzirá pela suspensão de empréstimos durante 60 dias. Se, decorrido este período, a obra requisitada ainda não tiver sido devolvida, serão desencadeados os mecanismos legais superiormente autorizados.

7. Fotocópias
As obras podem ser retiradas das estantes para serem fotocopiadas pelos utilizadores/as. As fotocópias são feitas na fotocopiadora existente na Biblioteca, em tempo útil e tendo em atenção a existência de outros utilizadores/as aguardando pela mesma obra. No final, as obras são colocadas em cima das mesas ou entregues ao/à funcionário/a.
Deve ser observado o máximo cuidado no manuseamento das obras para evitar qualquer dano.

8. Omissões

Os casos não previstos neste Regulamento serão decididos pelo responsável da Biblioteca ou pelo Conselho Directivo.

 
 

 
 
 
 
 

© ISCRA | todos os direitos reservados